Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de março de 2011

UM DOS AVISOS


Tínhamos uma fé cega nos sonhos uma da outra.
Ela tinha medo de mim...
Dizia que eu era bruxa, que meus sonhos causavam medo devido à freqüência em que eles mostravam o que estava por vir.
Por isso, estabelecemos uma rotina matinal de contar os sonhos que tivemos uma à outra, só pra depois poder comparar qual de nós tinha sido a ‘poderosa da vez’.
Uma coisa aconteceu dias antes do acidente.
Eu estava trabalhando e ela me ligou, assim que acordou, pra contar o que tinha sonhado:


- Mãe?

- Oi...

- Ai mãe... Acordei chorando agora...

- Por quê?

- Sonhei com você.

- Que linda! Ficou emocionada por ter sonhado comigo?

- Não, mãe... Sonhei que você tinha sofrido um acidente grave, machucado muito a cabeça. Você estava na UTI, eu entrei pra te ver e você não me reconhecia. Eu falava com você e você não respondia. Que desespero... Por isso acordei chorando.


Incrível...
Só depois as coisas fizeram sentido: no sonho, fui eu a protagonista de uma situação que aconteceria com ela dias depois.
Se pudéssemos traduzir os sonhos ao pé da letra...



“A dor que você sentiu no sonho, foi a dor que senti naquele hospital, minha querida...
Presenciar você em estado de inconsciência foi equivalente a enterrar um punhal no meu peito.
Sussurrar em seu ouvido sem saber se podia me ouvir, foi um ato de silencioso desespero. E que desespero!
O grito que não dei dentro daquela UTI, se transformou numa força agigantada de continuar fazendo por você aquilo que você esperava de mim: somente o melhor.
Se um grito de mãe pudesse te trazer de volta... Ah... Como seria simples!
Por isso, minha vida, estou tentando manter a calma e seguir.
Meu coração grita, meus olhos choram e minha cabeça implora a eles que parem com essa rebeldia.
Como é difícil...
Você é um pedacinho de mim, lembra?”

3 comentários:

  1. Olá, meu nome é Ivonete, também tenho um blog: www.espacoangelical.blogspot.com e se chama: Diário da Mãe de um Anjo, perdi meu único filho faz 02 anos, sei o quanto você está sofrendo, uma amiga sua me escreveu, visitei seu blog e ele é lindo, muito emocionante, é bom nós escrevermos o que sentimos não é? quando puder de uma passada no meu blog ok, sua filha era linda, ela é linda, pois continua viva em nossa vida e nosso coração para sempre, ontem fui assitir um filme dedicado as mães de Chico Xavier, foi maravilhoso, vou postar daqui a pouco sobre este filme no blog, tenho quase 400 postagens, e meu blog virou livro e com a renda ajudo instituições com crianças carentes, para mim a partida de meu anjo não foi em vão e estou tentando transformar toda esta dor em amor. Um grande abraço para você.
    Ivonete

    ResponderExcluir
  2. ola meu nome e marcus moro em sorocaba ouvi falar do acidente!
    agora lendo seu blog me emocionei bastante
    queria poder esclrever algumas palavras de conforto mais nao sai nada
    sinto por sua perda
    falando a verdade chorei lendo seu blog
    que deus conforte seu coraçao e que os culpados seja punidos


    por incrivel que pareça eu fiquei sabendo que por pouco nao a conheci a bianca!
    uma amiga minha do paineras conhecia ela

    ResponderExcluir
  3. Olá, fiquei conhecendo o blog pelo site Não foi acidente, e me emocionou muito o conteúdo, li as cartas, Sinto muito por sua perda, que Deus ilumine seu coração!!!
    Abraços!!! Fique com Deus.

    ResponderExcluir

Por favor, deixe um email para contato.